Héctor Rojas Herazo - Um agulheiro


Perguntei ao tendeiro gordo,
muito sério:
- Ó senhor, o senhor é Deus?
E vai ele assim,
cortando pedacinhos de presunto,
enquanto lhe amortecem
os olhos pouco a pouco:
- Não, eu cá não sou Deus, mas conheço-o.
- Como é que ele é? – pergunto.
E ele então responde-me: - É assim.
E dá-me o tamanho, o peso, as medidas.

Sem comentários:

Arquivo do blogue